Veja o que se sabe e o que falta saber sobre o caso do personal que espancou sem-teto após flagrá-lo fazendo sexo com a esposa, no DF

Crime aconteceu na noite da última quarta-feira (9), no Jardim Roriz, em Planaltina. Em depoimento à polícia, Eduardo Alves afirmou ter pensado que a mulher estava sendo estuprada, mas disse também que ela sofre problemas psicológicos; g1 listou principais dúvidas e certezas sobre ocorrência.

Um personal trainer de 31 anos é investigado por espancar um sem-teto após flagrá-lo fazendo sexo com a esposa em Planaltina, no Distrito Federal (veja vídeo acima). O caso ocorreu na última quarta-feira (9) e é apurado pela Polícia Civil.

CRIME: morador de rua é espancado por adolescentes no DF

INVESTIGAÇÃO: policiais militares são flagrados arrastando idoso em situação de rua

Aos investigadores, Eduardo Alves contou que pensou que a esposa, que tem 33 anos, estava sendo estuprada. No entanto, ele também afirmou que a mulher enfrente problemas psicológicos.

Após a confusão, os envolvidos foram para delegacia e liberados em seguida. O g1 lista abaixo o que se sabe e o que falta saber sobre o caso.

O que se sabe

1. Como tudo aconteceu?

O caso aconteceu na noite da última quarta-feira (9), no Jardim Roriz, em Planaltina, no Distrito Federal. No boletim de ocorrência, consta que a esposa, de 33 anos, saiu com a sogra para tentar ajudar o sem-teto, no entanto, durante o percurso, elas se separaram.

Como a esposa não voltou, Eduardo saiu para procurá-la. No caminho, ele encontrou o carro da mulher estacionado e, quando se aproximou, viu que a companheira fazia sexo com o sem-teto.

Câmeras de segurança registraram o momento em que o marido começou a agredir o sem-teto, já fora do veículo. O suspeito derrubou a vítima no chão, deu socos e chutes.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada para atender a ocorrência, que seria uma situação de estupro. Aos militares, os envolvidos apresentavam informações desencontradas sobre o ocorrido.

2. O sem-teto foi socorrido?

O sem-teto foi encaminhado ao hospital, assim como Eduardo. Os dois ficaram feridos durante a briga.

A mulher também passou por atendimento médico, pois estava em estado de choque. Os três foram encaminhados ao Hospital Regional de Planaltina por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do DF.

3. O personal trainer foi preso?

A Polícia Civil do Distrito Federal informou que, após a confusão, os envolvidos foram encaminhados à 16ª Delegacia de Polícia, em Planaltina. Eduardo prestou depoimento e foi liberado, assim como a mulher e o sem-teto.

4. O que diz o personal trainer?

Aos policiais, o homem afirmou que acreditava que a esposa estava sendo estuprada pelo morador de rua. Em depoimento, ele também afirmou que a mulher enfrenta problemas psicológicos.

O g1 ligou e mandou mensagem para o personal trainer, mas não obteve retorno até a última atualização desta publicação.

5. O que diz a mulher?

A reportagem da TV Globo obteve áudios em que a mulher narrou o que aconteceu. Ela disse que, inicialmente, foi abordada pelo sem-teto, que pedia dinheiro. Como ela não tinha, ele pediu para ver uma bíblia que o marido tinha dado à ela.

Em seguida, o sem-teto pediu um abraço e os dois entraram no carro. Ele começou a fazer carinho no pé dela, falou para eles irem para outro lugar e decidiram marcar um encontro na rodoviária da cidade.

Posteriormente, a mulher foi ao local combinado e esperou a chegada do homem. Nesse momento, eles entraram no veículo e tiveram relações sexuais.

Ela afirmou ainda que viu "imagens do marido e de Deus" no sem-teto e que não tinha ingerido bebida alcoólica na ocasião.

6. O que diz a Polícia Civil?

O caso segue em investigação na 16ª Delegacia de Polícia, em Planaltina. A Polícia Civil não informou a linha de investigação.

O que falta saber?

A esposa foi estuprada?

Qual linha de investigação da Polícia Civil?

O marido vai ser responsabilizado pelas agressões?

A esposa realmente enfrenta problemas psicológicos?

Esses supostos problemas psicológicos motivaram o contato com o morador de rua?

Categoria:Jornalismo